domingo, 15 de fevereiro de 2015

Diferentes tipos de secreção vaginal

A secreção vaginal é fabricada por glândulas dentro da vagina e no colo do útero, que produzem pequenas quantidades de líquido, líquido esse que flui diariamente transportando células velhas do revestimento vaginal. É a maneira que o corpo tem de manter sã e limpa a zona íntima.

A presença de secreções vaginais é normal e faz parte da nossa intimidade, ao ponto de que muitas vezes nem prestamos atenção às mudanças que ocorrem. Mas, o que poderão significar as mudanças na cor e cheiro da sua secreção vaginal?


A secreção branca de consistência espessa e abundante, às vezes com grumos, poderia ser candidíase, que é causada pelo fungo candida albicans. É muito comum, mas é importante que não deixe passar sem consultar o médico.

A secreção de cheiro desagradável, acinzentada e às vezes grumosa poderia ser vaginose bacteriana, uma infeção causada por um mudança no seu ph vaginal, o que facilita que a sua zona íntima seja atacada por bactérias ou fungos.

A secreção amarelada ou esverdeada, abundante e com cheiro a humidade poderia ser Tricomoníase, uma doença de transmissão sexual. Neste caso não dúvide em fazer um exame médico.

A secreção acastanhada pode marcar o inicio do seu período menstrual ou então, caso apresente uma secreção assim e o seu período não chegue, pode ser um sinal de gravidez.

Atenção! Mantenha-se atenta e se notar qualquer tipo de mudança na sua secreção vaginal, não hesite em consultar o ginecologista. Lembre-se que qualquer padecimento tratado a tempo pode ter mais fácil solução. É pela sua saúde íntima.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...