quarta-feira, 12 de novembro de 2014

5 cancros agressivos - os maiores riscos e as melhores prevenções (Dr. Oz)

Alguns tipos de cancro movem-se lentamente pelo corpo, dando tempo para a sua captura. Porém, alguns outros movem-se como um comboio de mercadorias - e zás. Quando se dá por eles já é demasiado tarde. Como é que nos podemos proteger destas calamidades mortais? Em primeiro lugar, a deteção precoce é fundamental. Comece com esta informação e proteja-se contra os 5 cancros mais rápidos e agressivos: cancro do pâncreas, cérebro, fígado, esófago e cancro da pele.

Cancro do pâncreas



O cancro do pâncreas é um dos mais mortíferos. Das cerca de 44 000 pessoas diagnosticadas cada ano, 38 000 morrerão. O problema com a deteção deste cancro está em que o pâncreas se encontra oculto na parte posterior do abdómen e, frequentemente, quando se encontra o tumor, o cancro já se disseminou para lá do lugar inicial, tornando difícil o seu tratamento.

Sinais de advertência do cancro do pâncreas:

- dor abdominal ou dor de costas
- perda de peso sem explicação
- problemas digestivos
- fezes de cor clara
- icterícia

Fatores de risco do cancro do pâncreas: dois ou mais familiares com diagnóstico de cancro do pâncreas, mama, cólon ou cancro de ovários. Os antecedentes familiares são um fator de risco importante já que cerca de 10% dos cancros pancreáticos são hereditários.
O consumo de álcool - mais de uma bebida por dia para as mulheres e mais de duas bebidas por dia para os homens - durante um período longo de tempo pode causar pancreatite, que pode causar dano nas células do pâncreas, conduzindo ao cancro.

Prevenção do cancro do pâncreas:

Reduza o consumo de carnes vermelhas e de carnes processadas. Quem consome grandes quantidades de carne vermelha, processada ou cozinhada a altas temperaturas é mais propenso a sofrer cancro do pâncreas.
Acrescente vegetais vermelhos e amarelos à sua dieta. As verduras vermelhas e amarelas - batata doce, tomate, abóbora, pimentos vermelhos e amarelos - são ricas em antioxidantes e licopeno e são uma boa opção de proteção contra este tipo de cancro.

Cancro do cérebro



Será a sua dor de cabeça uma advertência? Calma, não se alarme. Lembre-se que a dor de cabeça é muito comum e que o cancro do cérebro é muito pouco comum. Apenas alguns tipos de dor de cabeça mais específicos - que a despertam a meio da noite - podem indicar um tumor cerebral.

Ouros sinais de advertência do cancro do cérebro:

- náuseas
- vómitos
- visão turba
- problemas de equilíbrio
- formigueiro nos braços e nas pernas
- convulsões

Fatores de risco do cancro do cérebro: ter mais de 50 anos de idade. O cancro do cérebro é mais comum entre os 55 e os 65 anos.
Ter feito três ou mais TAC à zona da cabeça. Geralmente a Tomografia Axial Computarizada libera radiação e esta radiação pode ser prejudicial.
Abusar do telemóvel. O vinculo entre o uso do telemóvel e o cancro do cérebro não é claro, mas: use o auricular ou a função de alta voz. É melhor prevenir.

Prevenção do cancro do cérebro:

Se as suas dores de cabeça a preocupam, anote-as durante duas semanas. Inclua detalhes como quando, onde, a que hora e com que intensidade tem dores de cabeça. Depois fale com o seu médico.

Elimine o fiambre, carne de porco processada e toucinho frito que têm muitos nitratos e podem estar relacionados com o cancro do cérebro e outros tipos de cancro.

Cancro do esófago



Um nódulo na garganta que não desaparece pode ser um sinal de cancro do esófago.

Outros sinais de advertência do cancro do esófago:

- dificuldade para engolir
- dor no peito
- perda de peso sem explicação
- soluço
- pneumonia

Fatores de risco do cancro do esófago: praticar uma dieta muito ácida. Algumas substâncias parecem estar associadas ao cancro do esófago e por isso devem ser consumidas com moderação: álcool, chocolate, cafeína, mentas para o hálito.
A nicotina é altamente cancerígena. Fumar não só é mortal para os pulmões, mas também para o esófago.
O refluxo ácido frequente também é um fator de risco para o esófago.

Prevenção do cancro do esófago:

Após o jantar, espere pelo menos 3 horas para se ir deitar. Deitar-se antes de acabar de fazer a digestão pode causar e aumentar o refluxo ácido, o que danifica o esófago.

Cancro do fígado


Será que os seus alimentos preferidos são capazes de causar cancro do fígado?

Sinais de advertência do cancro do fígado:

- perda de peso
- falta de apetite
- sensação de plenitude na parte superior do abdómen, após uma refeição leve
- náuseas
- vómitos
- febre
- fígado aumentado
- dor abdominal

Fatores de risco do cancro do fígado: corpo em forma de maçã. A obesidade é um fator de risco importante para o cancro do fígado. Um corpo em forma de maçã, marcado pela gordura ao redor do abdómen, associa-se com o cancro do fígado. Evite o excesso de gordura abdominal mantendo um tamanho de cintura que seja metade da sua altura.
O consumo excessivo de álcool pode conduzir à cirrose e a cirrose danifica o fígado podendo conduzir ao cancro.

Prevenção do cancro do fígado:

Elimine os açúcares acrescentados da sua dieta. Os alimentos com açúcares acrescentados aumentam o risco de obesidade e diabetes, o que aumenta o risco de fígado gordo, cirrose e câncer hepático.
Vacine-se contra a hepatite B. A hepatite crónica é a causa mais comum de cancro do fígado.

Melanoma - cancro da pele



O melanoma é o cancro mais perigoso da pele. Para se proteger contra esta doença mortal a deteção precoce é fundamental

Sinais de advertência do cancro da pele:

- sinais irregulares

Fatores de risco do cancro da pele: cabelo e olhos claros. Se tem o cabelo e os olhos claros significa que tem menos melanina e está menos protegida contra os raios nocivos do sol.
Ter sofrido uma ou mais queimaduras de sol severas em criança. As queimaduras graves causadas pelo sol deixam a pele atingida em estado de choque, o que indica ao corpo que produza mais células para se reparar. Esta produção de células pode multiplicar-se sem controlo e causar tumores malignos.

Prevenção do cancro da pele:

Assegure-se de que usa um adequado protetor solar, durante o ano inteiro.

Teste: use um lápis nº 2 com uma borracha na ponta (não usada). Analise os seus sinais mais evidentes segundo a regra do A, B, C, D, E.
A - O sinal é assimétrico? A borracha é simétrica, compare o sinal.
B - Tem as bordas claramente definidas?
C - De que cor é? A cor deve ser castanha ou negra e uniforme.
D - Qual o diâmetro? Não deve ser maior do que o da borracha.
E - Esteja atenta à evolução. 

Se está preocupada com algum dos seus sinais após fazer o teste, tire uma foto do mesmo. Depois tire uma foto todos os meses e vá comparando. Se notar qualquer mudança, consulte imediatamente o seu dermatologista.

Finalmente, lembrar que qualquer cancro é potencialmente mortal e que a mínima suspeita deve ser imediatamente comunicada ao médico ou profissional de saúde competente.

2 comentários:

  1. Obrigada, Liduh.

    É, no que diz respeito ao cancro, prevenção é fundamental.

    Bjs

    Isabel Gomes

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...