quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Benefícios do chá de rooibos para aumentar as defesas e emagrecer

O mundo tem-se dividido mais ou menos em dois grupos de pessoas: as que bebem chá e as que bebem café. Mas atualmente está a emergir um terceiro grupo: o grupo que bebe rooibos, uma planta autóctona sul africana, que se ingere quente ou fria e traz consigo uma grande quantidade de benefícios para a saúde.

A planta rooibos (Aspalathus Linearis) está a revolucionar o mundo da saúde alternativa, já que se lhe atribuem uma série de benefícios que trazem melhorias para o nosso corpo e a nossa vida.

O rooibos lembra vagamente o chá vermelho chinês, mas não tem cafeína e não inibe a absorção do ferro devido à escassa presença de taninos, dai que possa ser bebido mais abundantemente que o chá ou o café.


O que é que o rooibos tem?

O rooibos contém minerais como o potássio, o cálcio, o ferro, o magnésio e o zinco.

Os seus antioxidantes, em combinação com o magnésio, são um bom reforço para o sistema nervoso.

O rooibos também é considerado um anti-histamínico natural que não provoca sonolência.

A aspalatina e a notofagina são os flavonoides que lhe permitem acalmar a asma e as alergias respiratórias e cutâneas.

Finalmente, a riqueza em vitamina C do rooibos favorece a absorção do ferro.

As boas propriedades do rooibos

Equilibra o sistema nervosos. Por um lado, o rooibos não é excitante já que não contém cafeína, e por outro lado, é rico em minerais como o magnésio de grande importância para o sistema nervoso.

Protege o aparelho digestivo. O rooibos tem efeitos muito benéficos contra a diarreia, a obstipação, gastrite, dores de estômago, vómitos e náuseas.

Tem efeitos antioxidantes e anti-radicais livres. A sua riqueza em antioxidantes ajuda a combater os radicais livres, que são os principais responsáveis pelo processo de envelhecimento, pelo stress e pelas doenças.

Garante ossos saudáveis. O seu conteúdo em cálcio, magnésio e sobretudo flúor, fazem do rooibos uma planta ideal para os nossos ossos e também para os nossos dentes. Trocar o café por uma infusão de rooibos pode ser uma boa opção.

Trata as alergias. Atua como um anti-histamínico natural suave e sem provocar sonolência.

Cuida da pele. Trata doenças da pele como eczemas, comichões, crostas, dermatites, irritações, alergias e urticária.

Trata a boca e a garganta. Em gargarejos é bom para tratar problemas bucais como aftas, dores de garganta, gengivite ou faringite.

É bom para o cabelo. As loções capilares que contêm rooibos aceleram o crescimento do cabelo e melhoram a sua saúde geral.

Infusão de rooibos para perder peso

O rooibos carece de açúcares já que o seu sabor provém dos óleos essenciais e das flavononas, um tipo de frutose que não tem calorias, e graças às suas propriedades diuréticas ajuda-nos a eliminar toxinas e a desinchar.

Como preparar a infusão de rooibos


A preparação do chá de rooibos é igual à de qualquer outro chá.

- Aqueça a água numa chaleira até que esteja a ponto de entrar em ebulição (quando começarem a  aparecer as primeiras bolhinhas).

- Acrescente 1 colher (de chá) de rooibos ou um saquinho numa chávena (nunca mais de uma colher de chá ou saquinho por chávena).

- Verta a água fervente sobre a planta e deixe repousar durante alguns minutos. Quanto mais tempo durar a infusão maior será a quantidade de antioxidantes que ela conterá.

Pode beber a infusão de rooibos simples, com leite frio ou quente ou com limão. Também a pode adoçar ligeiramente com mel ou bebê-la sem adoçar.

A infusão de rooibos é ótima para beber como chá gelado.

terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Cremes redutores de celulite: receitas caseiras

Os cremes redutores caseiros são poderosos: eles travam uma luta não só contra a gordura localizada, mas também contra a flacidez. Além disso, renovam a pele, deixando-a mais lisa e aveludada (o que também disfarça as ondulações da celulite). E os resultados ainda serão melhores se fizer uma massajem enquanto espalha o creme no corpo. É simples, rápido e eficaz.

Se já se alimenta de maneira saudável e faz exercício físico regularmente, mas quer alcançar melhores resultados o mais rapidamente possível, experimente estes cremes caseiros que a ajudarão a eliminar as gordurinhas mais difíceis e a polir o seu corpo num espaço mais curto de tempo.

Creme redutor de café


Ingredientes

1 colher de café moído
2 colheres de óleo de girassol

Preparação

Misture bem os dois ingredientes.

Utilização

Aplique a mistura nas zonas afetadas, massajando durante 5 minutos. Retire com água fria.

Creme redutor e reafirmante mentolado


Ingredientes

2 colheres de polpa de aloé vera
1 colher de álcool
1/2 tubo de creme mentolado

Preparação

Misture bem todos os ingredientes.

Utilização

Aplique com massagens circulares nas zonas que deseja reduzir e reafirmar, durante 5 minutos. Cubra a área com película transparente de cozinha e deixe até que comece a sentir calor. Retire o que sobrou da mistura com água fria.

Como pode ver, estes cremes redutores caseiros são muito fáceis de confecionar e os seus ingredientes estão ao seu alcance. Só tem que os preparar e ser constante para começar a notar bons resultados.

Banho quente anti-celulite


Ingredientes

3 l de água
7 colheres (de sopa) de folhas de louro
5 colheres (de sopa) de folhas de hera

Preparação

Ferva as ervas na água durante 15 minutos. Deixe repousar durante 30 minutos e coe a mistura. Acrescente o líquido obtido à água da banheira.

Utilização

Entre na água e fique imersa durante 20 minutos. Não se enxagúe ao sair do banho. A sua pele absorverá os elementos presentes nestas plantas que ajudam a queimar gordura.

quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Infusão fria para refrescar o hálito

Depois de uma refeição muito abundante e com comidas muito condimentadas,  nada melhor que aligeirar o estômago com uma infusão preparada com chá preto,  folhas de menta, casca de laranja e canela. Trata-se de uma deliciosa bebida que além de ajudar a fazer a digestão,  também purifica e refresca o hálito.  Para que se possa continuar a sentir bem e a conversar sem medos, mesmo após a comilança.


Ingredientes

1 colherzinha (de chá) de chá preto
1 folha de menta
1 pedaço de casca de laranja
1 pau de canela
1 chávena (de chá) de água fervente

Preparação

Acrescente o chá preto e a casca de laranja à água a ferver e deixe repousar durante 2 minutos. Coe e acrescente a folha de menta e a canela. Se quiser,  acrescente uma pedra de gelo.

Utilização

Beba após a refeição. Verá como os ares mudam dentro da sua boca.

terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Remédio caseiro para deixar de roer as unhas

Talvez o faça porque está nervosa ou aborrecida. Mas não é desculpa. Mesmo que possa parecer inofensivo,  o ato de roer as unhas tem consequências para a sua saúde e para a sua beleza. Confira.

-Debaixo das suas unhas há um mundo de bactérias.  Já pensou? Durante o dia as suas mãos tocam constantemente no teclado do seu computador, no seu telemóvel, carteira, no corrimão da escada rolante, na maçaneta da casa de banho pública... enfim, tanta coisa. E ao morder as unhas, todos os germes que elas foram apanhando pelo caminho vão parar diretamente à sua boca. E depois ao seu estômago.  Pense bem.

-A sua boca também tem bactérias.  E isto, por mais cuidadosa que seja com a sua higiene bucal. Por isso, quando mete as unhas na boca, especialmente se tiver pequenas feridas, as bactérias presentes também vão parar aos seus dedos e podem causar pequenas infeções.

-E como se tudo isto não fosse já suficiente,  roer as unhas constantemente causa estragos nos seus dentes. E fá-la parecer infantil. É hora de parar.

Solução

Para deixar de roer as unhas, eu sugiro-lhe:

*Distraia as suas mãos.  Compre uma bolinha de espuma e aperte-a nas mãos sempre que tiver ânsias de roer. É divertido, relaxante e salva as suas unhas.

*Vá ao salão de beleza para que lhe façam uma manicure bem bonita. Não vai querer roê-la logo a seguir, pois não?!

*Coma pastilhas.  Escolha pastilhas sem açúcar e quando estiver nervosa ou chateada ataque uma pastilha. É mais saboroso que roer as unhas.

*Use nas unhas um verniz de alho. O seu odor é desagradável e pouco convidativo ao mordisco.

Receita caseira de verniz de alho


Ingredientes

Um frasco de verniz vazio
Verniz de unhas transparente
1/2 dente de alho esmagado

Preparação

Encha o frasco vazio com verniz transparente até meio. Acrescente o alho esmagado e mexa para misturar bem. Deixe repousar durante 2 dias.

Utilização

Passe nas unhas como qualquer outro verniz.

segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Remédios caseiros para tratar as microvarizes (pequenas varizes)

As microvarizes são pequenas veias dilatadas, tortuosas, situadas por debaixo da pele. Embora, no geral, estas pequenas varizes sejam inofensivas, elas são bastante inestéticas.

Porque é que aparecem?

São várias as razões que levam ao surgimento das pequenas varizes. Passar muito tempo de pé é uma delas. Isto, por causa da alta pressão do sangue nas veias. As hormonas femininas são outro motivo. Durante a toma da pilula ou durante a gravidez, aumenta a chance de sofrer pequenas varizes. Uma outra razão é o uso de saltos altos. Usar saltos muito altos gera pressão sanguínea nas pernas, causando a dilatação das veias.
Se sente vergonha em mostrar as suas pernas por causa das pequenas varizes que começaram a enfeitá-las, saiba que não está só e, sobretudo, que é possível solucionar ou, pelo menos, melhorar o seu problema. Se se quer ver livre dessas varizezinhas que apareceram nas suas pernas, coxas ou até nas suas nádegas,  os remédios da avó podem dar-lhe uma ajudazinha.

Remédios naturais contra as microvarizes

Chá de camomila e vinagre de sidra


Ingredientes

1 saqueta de chá de camomila
1 chávena (de chá) de água fervente
2 colheres (de sopa) de vinagre de sidra

Preparação

Infunda a saqueta de chá na água fervente durante 10 minutos. Acrescente o vinagre de sidra.

Utilização

Mergulhe um algodão no chá ainda morno e aplique-o na zona das varizes, de manhã e à noite.  Faça-o de vez em quando para obter bons resultados.

Óleos


Ingredientes

2 colheres de óleo de amêndoas doces
2 colheres de óleo de fígado de bacalhau

Preparação

Misture os dois ingredientes.

Utilização

Aplique sobre as varizes e deixe repousar durante 1 hora, com as pernas ligeiramente elevadas, antes de enxaguar com água.  Seja constante.

Infusão de ervas


Ingredientes

1 l de água fervente
1 colher (de sopa) de camomila
1 colher (de sopa) de menta
Umas folhinhas de louro
1 colher (de chá) de bicarbonato de sódio

Preparação

Infunda as ervas na água fervente até que esta arrefeça.  Coe a infusão e acrescente o bicarbonato de sódio.

Utilização

Use a água obtida para banhar as suas pernas. Repita o tratamento de vez em quando. 

domingo, 21 de Setembro de 2014

Faça o seu próprio perfume de baunilha

Gosta de perfumes? Então acrescente mais um à sua  coleção,  mas desta vez feito por si. Sentir-se-à como  a versão feminina de Jean-Baptiste Grenouille, o protagonista do livro "O Perfume", do escritor alemão Patrick Suskind.
Aventure-se nos odores. Explore o seu sentido do olfacto e crie a sua fragrância  exclusiva, à base da doce baunilha.  Anote a receita.


Ingredientes

1 vagem de baunilha
Álcool
Óleo de jojoba
Filtro para café
Faca
2 frasquinhos de vidro

Preparação

Abra a vagem de baunilha ao meio e, com a faca, raspe as sementinhas do interior. Deite num dos frascos. Corte o resto da vagem aos pedacinhos e acrescente também ao frasco. Acrescente álcool até cobrir a baunilha. Tape o frasco e deixe repousar a mistura num local quente e seco da sua casa durante  4 semanas. Durante este tempo vá agitando a mistura regularmente, ao menos 3 vezes por semana. Passado o tempo de espera, coe a mistura através do filtro de café. Depois, verta o líquido obtido no outro frasquinho limpo e acrescente 12 gotas de óleo de jojoba. Pronto. Já tem o seu perfume exclusivo.

Utilização

Aplique como qualquer outro perfume.  É fascinante!

sábado, 20 de Setembro de 2014

Peeling de algas marinhas (receita caseira)

O peeling de algas marinhas serve para purificar e rejuvenescer a pele. Isto é assim porque este tratamento elimina as células mortas da superfície do rosto e favorece a formação de células novas nas camadas mais profundas da pele. Resultado: uma pele mais suave e uniforme, redução dos poros, aclaramento das manchas, esbatimento das linhas de expressão e até melhorias na aparência das pequenas cicatrizes.


Ingredientes

Sumo de 1 limão
Sumo de 1 laranja
1 colher (de sopa) de gelatina neutra em pó
1 colher (de sopa) de algas marinhas em pó

Preparação

Misture os sumos e aqueça a mistura no microondas durante uns segundos (de maneira que fique quentinha, mas não ferva). Dissolva a gelatina e as algas em pó no sumo quente. Mexa para que tudo se misture bem e deixe o preparado repousar durante uns minutos.

Utilização

Aplique a mistura no rosto limpo, evitando os olhos e a boca. Massaje delicadamente durante 1 ou 2 minutos e depois deixe o preparado atuar na pele durante mais 15 ou 20 minutos. Enxagúe bem com água morna para eliminar todos os restos. No fim, não se esqueça de aplicar o seu hidratante habitual.

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Benefícios das bagas de Goji para a saúde

Nos últimos anos muito se tem falado sobre as cerejas do Himalaia chamadas Goji (em latim Lycium barbarum). É precisamente nos vales entre a cordilheira do Himalaia, o Tibete e a Mongólia que cresce uma cereja, com uma cor vermelha brilhante, que é conhecida localmente como Goji. Esta fruta é venerada desde há milhares de anos pelas gentes que habitam esses lugares, as quais lhe atribuem propriedades para curar doenças e prolongar a vida.
Esta fruta, graças à sua composição, proporciona muitos benefícios para a saúde. Alguns dos seus componentes são vitamina C, betacaroteno, 18 aminoácidos, 21 minerais e quantidades muito apreciáveis de vitamina B1, B2, B6 e de vitamina E.


Mas não é tudo. As bagas de Goji contêm ainda outros compostos benéficos para a saúde.

Beta-sitosterol, agente anti-inflamatório que baixa o colesterol e tem sido utilizado para tratar a impotência e a hiperplasia benigna da próstata.
Zeaxantina e luteína, protetores da vista.
Betaína, que produz colina no fígado e ajuda em processos de desintoxicação hepáticos.
Cyperone, utilizado no tratamento do câncer cervical. Normaliza os problemas da menstruação e do coração.
Solavetivone, agente anti-bactériano e anti-fúngico.
Physalin, que ajuda a aumentar a eficácia do nosso sistema imunitário.

As muitas propriedades do Goji chamaram a atenção de alguns investigadores. Em abril de 2008 foi publicado na revista Journal of alternative and complementary medicine o resultado do primeiro estudo clínico com sumo de Goji, fora da China. Os resultados deste estudo em dois grupos de pessoas, um tomando sumo de Goji e o outro não, durante 15 dias, foram claramente diferentes e positivos. O grupo que tomou o sumo de Goji apresentava mais energia, menos stress, melhorias na qualidade do sono, mais agudeza mental, melhorias nas funções gastrointestinais e em geral uma melhor saúde e bem-estar.

Já se pode concluir portanto que o Goji é, sem dúvida, um alimento a ter muito em conta na sua alimentação, para poder gozar de um bom estado de saúde.


Receitas com bagas de Goji

Bebida de Goji

Ingredientes

1 copo de leite de soja
1 pitada de canela em pó
1 colher (de sobremesa) de germe de trigo
1 colher (de sobremesa) de sementes de chia
1 colher (de sobremesa) de bagas de Goji

Preparação

Aqueça o leite. Acrescente o resto de ingredientes e mexa bem. Deixe repousar durante uns minutos.

Utilização

É uma bebida deliciosa, ideal para beber ou então para saborear à colher. Como preferir.

Chá de Goji

Ingredientes

20 bagas de Goji
1 chávena (de chá) de água fervente

Preparação

Ponha as bagas na chaleira e acrescente a água a ferver. Tape e deixe que as bagas infusionem na água durante 8 minutos. Coe e o chá está pronto.

Utilização

Beba o seu chá de Goji e em seguida coma as bagas demolhadas, para obter os maiores benefícios antioxidantes.

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Implantes dentários: substituir a perda de um dente da maneira mais natural

O mantimento de uma dentadura saudável e completa é fundamental para o correto funcionamento do nosso organismo e para desenvolver uma vida social satisfatória. No entanto, qualquer pessoa pode sofrer a perda de um dente e, neste caso, torna-se necessária a sua substituição. Os implantes dentários, além de discretos, substituem os dentes perdidos de forma cómoda e eficaz.

O que são os implantes dentários?

Um implante é uma pequena peça em forma de parafuso, de um material biocompatível especial, geralmente titânio, que uma vez instalada no osso maxilar se "funde" com este ao fim de umas quantas semanas (o que se conhece como osseointegração). Os implantes comportam-se assim como raízes de dentes ausentes que permitem a fixação das próteses substitutas dos dentes perdidos.

Fases do tratamento

De uma maneira geral, se bem que existem variações, os passos para colocar um implante consistem em:

1 - Estudo, avaliação e planificação. É necessário fazer uma análise médica e odontológica prévia da situação de cada paciente. Nesta fase avalia-se a saúde dental, a qualidade óssea do maxilar e da mandíbula e os hábitos de higiene da pessoa. No caso de o diagnóstico aconselhar a implantação, planificar-se-á o programa de tratamento e far-se-á a intervenção.

2 - Colocação cirúrgica do implante. Esta intervenção é feita geralmente no consultório, sob anestesia local. Corta-se a gengiva e lavra-se um leito no qual se introduz o implante. Uma vez colocado, sutura-se a gengiva, deixando o implante totalmente enterrado sob ela. O osso crescerá à volta da nova raiz.

3 - Cicatrização. O implante tem que se integrar no organismo. A sua união ao osso produz-se na fase da osseointegração, que dura de 3 a 6 meses. Ao longo deste tempo, os implantes estão sob a gengiva e vão-se unindo de forma gradual ao osso. Enquanto dura esta fase, o paciente usará uma prótese provisória e irá a consultas periódicas.

4 - Colocação dos pilares para a prótese. O implante é descoberto mediante uma pequena incisão na gengiva e coloca-se em cima uma pequena peça que servirá de suporte aos dentes artificiais.

5 - Finalmente, coloca-se a coroa de porcelana.


quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Flores de Bach: Rescue Remedy

O Rescue Remedy é um dos remédios mais conhecidos das chamadas Flores de Bach. Trata-se de uma combinação de essências florais que foi composta pelo dr. Bach, daí o seu nome. Pode aplicar-se em situações de emergência e stress, proporcionando uma tranquilidade e relaxamento emocional imediatos. A combinação de essências florais que compõem a fórmula do Rescue Remedy é a seguinte:


Cherry Plum: ajuda a controlar a situação.

Clematis: devolve-nos à realidade.

Impatiens: acalma e relaxa.

Star of Bethlehem: repara o trauma.

Rock Rose: tira o pânico e o terror.

A descoberta do dr. Bach

O dr. Bach, médico inglês de finais do século XIX, considerava que as doenças físicas tinham causas emocionais. Por isso, se os conflitos emocionais subsistissem durante muito tempo, o corpo adoecia. Um dia, atravessando um campo cheio de orvalho, observou que cada gota de orvalho aquecida pelo sol adquiria as propriedades curativas da planta. Isto levou-o a desenvolver um método com o qual conseguiu encontrar 38 remédios naturais, cada um com propriedades curativas para diferentes problemas emocionais. Cada remédio floral ajuda a afrontar uma emoção especifica e deve ser tomado de acordo com o que a pessoa está a sentir no momento.

Cada flor uma propriedade

As 38 flores de Bach dividem-se em 7 categorias de grupos emocionais.


Se sente desalento ou desespero, as Flores de Bach indicadas são: Larch, Oak, Crab Apple, Star of Bethlehem, Willow, Elm, Pine, Sweet Chestnut.

Se sente falta de interesse pelo presente, as Flores de Bach indicadas são: White Chestnut, Olive, Wild Rose, Honeysuckle, Chestnut Bud, Clematis, Mustard.

Se sente medo, as Flores de Bach indicadas são: Mimulus, Red Chestnut, Cherry Plum, Roch Rose, Aspen.

Se sente insegurança, as Flores de Bach indicadas são: Hornbeam, Gorse, Gentian, Scleranthus, Wild Oat, Cerato.

Se sente hipersensibilidade em relação áquilo que a rodeia, as Flores de Bach indicadas são: Holly, Centaury, Agrimony, Walnut.

Se sente uma preocupação excessiva com os outros, as Flores de Bach indicadas são: Vine, Beech, Chicory, Rock Water.

Se sente solidão, as Flores de Bach indicadas são: Heather, Impatiens, Water Violet. 

O terapeuta especializado, uma ajuda importante

O segredo do êxito da terapia floral consiste em saber reconhecer o estado emocional em que a pessoa se encontra. Por isso, é conveniente procurar a orientação de um terapeuta especializado em terapia floral para que a pessoa seja orientada na escolha da essência floral que mais lhe convém em função do seu estado de ânimo. Uma vez feita a combinação mais adequada, a melhor forma de tomar o Rescue Remedy é acrescentar 4 gotas a um copo de água e depois ir tomando pequenos goles dessa água. Cada gole de água fará com que aumente o efeito benéfico das flores, ajudando a recuperar a calma e a tranquilidade de forma rápida.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...